Notícias

Fatec Garça inicia atividades acadêmicas recepcionando calouros e veteranos com palestras e debates

No último dia 03 de fevereiro, a Fatec Garça deu início ao ano letivo de 2020, recebendo os novos acadêmicos dos cursos de tecnologia em Gestão Empresarial, Mecatrônica Industrial, Manufatura Avançada e Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Junto com os veteranos, os calouros foram recepcionados por diretores, coordenadores e professores de seus respectivos cursos.

Além de receberem as boas vindas, os novos alunos conheceram as dependências da instituição, desde as salas de aula, os laboratórios, o acervo da biblioteca, o auditório e todos os espaços que podem usufruir. Através de palestras e debates, puderam ampliar seus conhecimentos. A preocupação dos foi fornecer instruções e informações necessárias para melhor aproveitamento dos recursos que a faculdade tem a oferecer. A integração inicial foi garantida por meio do encontro das turmas nas palestras, fornecendo a oportunidade de criarem mais do que laços de amizade prolongada, uma forma de conhecerem futuros parceiros de trabalho nas empresas da região.

No caso específico do curso superior de tecnologia em Gestão Empresarial, dedicado ao desenvolvimento de líderes e empreendedores capazes de realizar a gestão dos recursos organizacionais visando à sustentabilidade do negócio, os alunos tiveram um início de semestre marcado pelo contato com profissionais e acadêmicos de outras instituições por meio de palestras que fomentaram debates e enriqueceram a percepção sobre as parcerias que o gestor precisa estabelecer para conseguir colocar em prática seu trabalho dentro de padrões éticos.

Na segunda-feira (10), entre 19h30 e 21h30, os acadêmicos assistiram palestras focando “Segurança” e a “Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais”. Entre os palestrantes convidados estava o professor Fábio Dacêncio Pereira, consultor, empreendedor, professor universitário pós-doutor em Ciência da Computação, gestor do Centro de Inovação Tecnológica de Marília (CITEc- Marília), e coordenador dos cursos de Tecnologia da Informação (TI) do Univem. Especialista em Segurança de Informação e gestão de equipes de TI de alta performance, Dacêncio estimulou os alunos a compreenderem quais os aspectos são fundamentais para se obter segurança da informação, entre os quais o humano, um dos principais motivos para falhas e sabotagem na segurança da informação de uma empresa, ainda que os sistemas tenham sido muito bem planejados.

A mensagem que ficou é que a segurança da informação é importante para que a empresa possa realizar uma boa gestão, não apenas do ponto de vista competitivo, mas também ético, na medida que as informações sobre os clientes não devem ser tratadas como mercadoria, ofertadas, vendidas, perdidas ou oferecidas a terceiros. Por fim, demonstrou na prática como um vírus construído em arquivo de extensão DOC pode ser danoso, de maneira que à segurança deve ser destinado maior interesse e investimentos por parte dos empresários, sempre contando com a ajuda de um profissional da TI para garantir a segurança.

Associado a essa discussão, o professor Lucas Colombera discutiu o tema do ponto de vista do Direito, dando foco à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Formado em Direito, pós-graduado em Direito Digital e Compliance e mestrando em Direito, o profissional dedicou sua fala para alertar sobre a nova lei, seus objetivos, impacto e atual preparo e adaptação dos empresários para colocá-la em prática. A LGPD foi proposta para proteger as informações pessoais, bem como estabelece que os procedimentos de coleta, processamento e compartilhamento de tais dados, quando consentidos, sejam transparentes. Conforme destacou Colombera, o mais importante é que as informações pessoais não poderão circular alheias ao controle.

Apesar de ter sido sancionada em agosto de 2018, pelo então presidente Michel Temer, a Lei tinha a perspectiva de entrar em vigor em agosto deste ano, mas foi adiada para 2022, sob pretexto que as empresas não tiveram tempo para realizarem as adequações jurídicas e que há morosidade na instalação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD). Assim, a fala do professor Lucas provocou curiosidade e estimulou os alunos do Curso de Gestão Empresarial a se aprofundarem no tema, considerando que em pouco tempo as empresas da região também precisão se adequar.

 

 

Palestra foca os desafios da contabilidade

Ainda como parte da programação de atividades acadêmicas, na manhã do dia 12 os alunos da Fatec participaram de mais um encontro com um profissional experiente.

Diego Augusto Bassetto Pereira, profissional da área contábil do Escritório Macrocontábil Conessa, ministrou a palestra com o tema “Contabilidade: Concepções, Avanços e Desafios”, conduzindo os alunos a compreenderem a atuação do profissional da contabilidade enquanto parceiro fundamental para a gestão de uma organização.

Diego destacou que as práticas desse profissional precisam sempre ser éticas, não apenas do ponto de vista da legislação e da responsabilidade legal, mas da guarda de informações de seus clientes, que em hipótese alguma podem ser compartilhadas.

Somou a isso que o profissional precisa estabelecer uma relação de confiança com o gestor da empresa, algo muito próximo a uma amizade, uma vez que este precisa tomar decisões com base no que o profissional da contabilidade sugere.

O profissional da área destacou todas as atividades e influência que esse profissional têm nas empresas e como ele está se adequando às mudanças, em especial as de cunho tecnológico.

Fonte: Garça em Foco
Postado por: Rafael Andriollo Publicado em: 21/02/2020 Mais notícias