Você está em: Skip Navigation LinksPágina Inicial > Destaques

botão
Centro de Pesquisa Tecnológica

Com o objetivo de fechar o acordo sobre a criação do Centro de Pesquisa Tecnológica, foi realizada no dia 16 de setembro de 2014 no Paço Municipal, uma reunião com o Prefeito José Alcides Faneco, seus secretários Diogo Sebastião de Oliveira e José Pedro Frasson, a Diretora da Faculdade de Tecnologia de Garça “Deputado Julio Julinho Marcondes de Moura” – Fatec Garça, Fátima Ahmad Rabah Abido e os professores Edio Roberto Manfio, Ildeberto de Genova Bugatti e Antonio Cesar Dall´Evedove. A proposta de implantação do Centro de Pesquisa Tecnológico tem como finalidade, algo além dos bancos escolares, fomentar a prática da pesquisa, pois só assim o aluno pode colocar em prática suas teorias e se tornar um profissional de maior qualidade para o mercado. A pesquisa na educação é a investigação dos problemas relacionados à formação (formal e informal) do ser humano.

Entre as propostas avaliadas, a que pode ser considerada mais oportuna é a possibilidade da Fatec Garça fornecer às escolas do Município, softwares voltados à alfabetização.  Mais que isso, a Instituição pode oferecer às empresas dentro do Núcleo de Pesquisa, maior orientação em Administração de Empresas, com seu curso de Gestão Empresarial, soluções para informática e infraestrutura de TI com o curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas e automação industrial no curso de Mecatrônica Industrial. O objetivo deste Centro é a capacitação técnico profissional de alunos, aprimoramento técnico cientifico dos professores e desenvolvimento da própria cidade e região.

Nesse sentido, os professores Antonio Cesar, Ildeberto e Edio expuseram vários detalhes sobre parcerias que podem ser firmadas entre a Instituição e empresas de Garça e região em termos de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), bem como fornecer dados mais precisos sobre o funcionamento das leis de incentivo fiscal, a Lei de Informática, o Processo Produtivo Básico (PPB) e Arranjo Produtivo Local (APL). As informações colocadas obtiveram uma dimensão ainda mais produtiva pois contaram com uma demonstração de um experimento que opera com comandos de voz aos participantes da reunião, demonstrando a vasta aplicabilidade dos conceitos gerais ensinados nos três cursos da Fatec.

A mostra desse experimento constituiu-se em um excelente exemplo em termos de pesquisa, afinal, o grau de aplicabilidade de um projeto dessa categoria é alto e o potencial de gerar interesse por parte de empresários de diversos segmentos do mercado é grande. Para incrementar tal projeto - que é apenas uma ideia possível em meio a centenas - são necessários profissionais de diversas áreas como programadores e desenvolvedores, profissionais da área de mecânica, eletrônica básica e de potência e uma visão empresarial e de mercado ampla. Tais profissionais podem ser formados respectivamente pelos cursos de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Mecatrônica Industrial e Gestão Empresarial da Fatec Garça e, durante sua formação, podem estar inseridos como pesquisadores estagiários e/ou contratados por empresas que abarquem o projeto.

Essa dimensão de aprendizado e pesquisa evidentemente não se limita aos cursos de graduação, uma vez que o incentivo e o gosto pela pesquisa podem ser instaurados logo na infância, momento em que a própria instituição – professores e alunos – pode viabilizar material didático para o Ensino Fundamental. Um equipamento que opera com comandos de voz, portanto, pode também ser objeto de estudo entre crianças que certamente serão os pesquisadores do futuro. Isso ocasiona uma reação em cadeia que melhorara a capacidade do profissional que entra no mercado, os produtos gerados pelas empresas e a qualidade de vida como um todo.

Importante ainda salientar que o recurso de reconhecimento e comandos de voz em equipamentos desenvolvidos localmente ou em âmbito nacional proporciona não só mais pesquisas, empregos, produtos, capacitação e patentes, mas também acessibilidade e mobilidade a muitas pessoas com necessidades especiais, além de ajudar a manter nosso idioma ativo na Sociedade da Informação – a língua portuguesa é a 6ª língua mais falada no mundo.

Como estava previsto, embora ainda na categoria de protótipo, o exemplo do experimento suscitou uma série de outras ideias que, no âmbito geral da educação, foram discutidas com bastante ênfase e entusiasmo por parte dos participantes que colaboraram entre si sugerindo mais possibilidades ao vindouro Centro de Pesquisas Tecnológicas a ser instalado em Garça.

Dessa forma, este dia pode ser considerado muito especial pois tem o potencial de tornar-se um novo marco na história de nossa cidade, que busca fortalecer seus alicerces de desenvolvimento através da inovação. A coordenadora do curso de Gestão Empresarial Profª Dra Cássia Regina Bassan de Moraes afirma: “Não consigo ver ensino superior sem pesquisa, é a pesquisa que desenvolve a capacidade do aluno, oferecendo assim a qualidade profissional que o mercado deseja, e este Centro irá contribuir muito para o desenvolvimento de nossos alunos”. A coordenadora do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Profª Me Renata Aparecida de Carvalho Paschoal, comenta que “A parceria entre pesquisa e desenvolvimento, deve resultar em constante melhoria, trazendo muita inovação, tanto a nível educacional, quanto empresarial. O Centro de Pesquisa Tecnológica será de grande importância para a Fatec de Garça e para a cidade e região”.

“Os alunos já trabalham com o desenvolvimento de experimentos e/ou protótipos durante sua formação”, afirmou a Profª Me Nancy Aparecida Guanaes Bonini, coordenadora do curso de Tecnologia em Mecatrônica Industrial, “mas a grande maioria desses experimentos fica restrita à condição de trabalhos de conclusão de curso. Com a implantação de um Centro de Pesquisa Tecnológica os alunos poderão trabalhar como pesquisadores, como estagiários e/ou contratados por empresas para desenvolver produtos que serão absorvidos pelo setor produtivo. Diria até que, esta profissionalização do aluno por meio da pesquisa desenvolvida no Centro Pesquisa Tecnológica virá para estreitar relações entre a Fatec e as indústrias”.

O Centro Tecnológico, parceria da Fatec Garça e a Prefeitura Municipal, vai atuar junto às Secretarias da Educação, Indústria e Comércio.

Enviado por: Prof. Espec. Antonio Cesar Dall'Evedove